Como chegar

Recomendamos que inicie suas atividades a partir de Lençóis. A cidade conta com a melhor infraestrutura turística da região e é de onde parte a maioria dos grupos para visita aos atrativos da Chapada Diamantina.

Continue Lendo

Transporte na Chapada

É necessário. A Chapada Diamantina é muito extensa e os atrativos ficam espalhados. Para realização de passeios convencionais, por exemplo, percorrerão uma média diária de 140 km, em estrada e rodovia, alguns trechos mal conservados.

Para oferecer este suporte a você, a Volta ao Parque oferece passeios em veículos Sedans: Voyage, Linea, Siena ou similares (4 lugares),  Uno, Gol ou Clio (utilizamos 3 vagas para melhor conforto), Dobló (6 lugares) e Toyotas Bandeirantes 4x4 (até 9 visitantes). Quantidade considerada para reservas antecipadas.

Caso prefira a realização de seus passeios em veículos mais confortáveis, disponibilizamos Tucson, L200, Duster, Hillux ou similares (4x4). Favor solicitar orçamento especial neste caso, pois há alteração no valor dos pacotes. 

A Chapada Diamantina ainda não oferece transporte público intermunicipal em horários nos quais possa aproveitar bem o seu dia. Existem alguns ônibus que chegam mais próximos às cidades de apoio ao visitante, como o Capão, por exemplo.

Assistência mecânica e para reparos em veículos são carentes em nossa região. Portanto, antes de decidir qual meio de transporte utilizar considere a nossa realidade.

No caso dos passeios, buscamos e deixamos você na hospedagem.

Para sua comodidade, oferecemos veículo com guia/motorista, a um custo de reduzido, para realização de passeios exclusivos e privativos. Consulte.

É comum nas cidades o oferecimento de serviços de moto-taxistas e taxistas. O custo é tabelado para deslocamento na área urbana das cidades.

A cidade possui locadora de veículos:
Lukdan Locadora de Veículos - (75) 3334 1995.
Não nos responsabilizamos pelos veículos contratados.

Quando visitar

O clima tropical, com temperatura média anual entre 22°C e 24°C, favorece a visitação o ano todo. Durante Reveillon, Carnaval, Páscoa (Semana Santa), São João, Festival de Lençóis e Feriado de 7 de Setembro a Chapada Diamantina recebe muitos visitantes. Conscientemente, neste período alteramos a logística dos roteiros e os horários de saída, na tentativa de levar você aos atrativos com o mínimo de pessoas.

De final de Abril a início de Setembro terá o privilégio de conhecer um fenômeno natural mágico: a incidência dos raios solares no Poço Encantado e no Poço Azul, sendo os meses de Junho e Julho os com maior concentração da luz. A Cachoeira da Fumaça possui água durante períodos chuvosos. As visitas às Cachoeiras do Sossego, Fumacinha, Encantada e outras podem ser canceladas devido às chuvas ou ameaças de tromba d'água.

Devido aos microclimas, influenciados principalmente pela hidrografia e relevo da Chapada Diamantina, e as conseqüências das transformações pelo mundo, está cada vez mais difícil definirmos estes períodos por aqui. Temos nos surpreendido muito com as respostas da natureza nos últimos anos.

Por precaução, venha preparado para as oscilações de temperatura e dias de chuva.

O que visitar

Dentre os diversos atrativos naturais da Chapada Diamantina, sugerimos conhecer: Morro do Pai Inácio, Gruta Torrinha, Cachoeira dos Mosquitos, Cachoeira do Mixila, Cachoeira da Fumaça, Marimbus, Rio Roncador, Poço Azul, Poço Encantado e Cachoeira do Buracão.   Dentre os atrativos que conciliam belezas naturais e ações humanas, não deixe de conhecer: Complexo Arqueológico Serra das Paridas, Vale do Pati (recomendamos o mínimo de 3 dias de caminhada), Projeto Sempre-Viva, Vila de Igatu, Vale do Capão, povoado de Guiné e Barro Branco. Lençóis, Mucugê, Andaraí e Rio de Contas são algumas cidades tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e ainda hoje preservam seus casarios coloniais e iluminação pitoresca. As manifestações culturais e as festas populares que acontecem no decorrer do ano, em homenagem aos padroeiros das cidades e vilas, as relacionadas à vaquejada e à produção agrícola. A Chapada Diamantina é para todos que queiram conhecer uma região com belezas e cotidiano singulares.

Serviços de guia

Recomendamos sempre o acompanhamento de um guia durante sua visita à Chapada Diamantina.   Embora existam trilhas de fácil acesso, são eles os responsáveis por passar as informações da nossa história, cultura, além de conhecimentos de Geografia, Geologia, curiosidades sobre a vegetação, fauna e flora, além de interagir você com a natureza, ensinando os melhores caminhos e poupando o seu tempo no volante, pois as estradas nem sempre estão bem sinalizadas.   Para reservar um guia, primeiro é necessário definir o seu roteiro. Estamos à disposição para ajudar você na formatação do seu pacote. Programe para contratar diárias com início 8:30 e término até 18h, uma vez que não existem meias-diárias com custo proporcional. Os guias não pagam taxas de visitação e almoço, quando o visitante faz a refeição em algum dos restaurantes parceiros. Caso escolha uma programação com kit lanche, o do guia será adicionado à diária dele. Oferecemos também o serviço de guia com veículo, a um custo acessível, para criar sua programação especial. Para realização de alguns roteiros como, por exemplo, Cachoeira do Buracão é necessário contratar também um guia local.   Devido à nossa preocupação com a sua segurança e à responsabilidade por nós assumida durante a contratação de qualquer serviço de guia, especificamente nas contratações para realização de caminhadas de longa duração com pernoite em acampamento ou casa de nativos, optamos por fornecer o pacote completo dos serviços, já com pernoites, alimentação, transporte, seguro e suporte em caso de necessidade. Consulte.   Há carência de guias bilingues na região.    Para reserva do guia pedimos 50% em depósito bancário e o restante em Lençóis, em dinheiro ou cartão de débito.

Taxas de visitação

Principais atrativos   - Cachoeira da Fumaça – contribuição voluntária à Associação de Condutores de Visitantes de Palmeiras, com sede na subida para a Cachoeira - Cachoeira do Riachinho - R$ 6,00 por pessoa - Cachoeira da Fumacinha e outras em Ibicoara – guia local para o grupo (nº de visitantes limitado) + R$ 6 por pessoa por dia - Cachoeira do Buracão – guia local para o grupo (nº de visitantes limitado) + R$ 6 por pessoa - Cachoeira do Sossego - sem cobrança de taxa - Cachoeira dos Mosquitos – R$ 15,00 por pessoa - Complexo Arqueológico Serra das Paridas – R$ 15,00 por pessoa (9 a 15 anos) e R$ 25,00 por pessoa (16 ou mais anos). Isenção para crianças de até 8 anos. - Gruta Lapa Doce – a partir de R$ 30 por pessoa - Gruta Torrinha – de R$ 30 a 80 por pessoa, a depender do número de visitantes e os roteiros a serem visitados - Morro do Pai Inácio – R$ 6,00 por pessoa - Galeria Arte e Memória – R$ 6,00 por pessoa - Orquidário – R$ 10,00 por pessoa - Atrativos dentro da área do Parque Nacional da Chapada Diamantina - sem cobrança de taxa - Parque da Muritiba - sem cobrança de taxa - Poço Azul – R$ 30,00 por pessoa, já com a flutuação na caverna inclusa. - Poço do Diabo (Rio Mucugezinho) – sem cobrança de taxa - Poço Encantado – R$ 25,00 por pessoa - Projeto Sempre Viva e Museu integrado – R$ 15,00 por pessoa - Ribeirão do Meio - sem cobrança de taxa - Comunidade do Remanso - contribuição de R$ 5 por pessoa - Rio Roncador - R$ 5 por pessoa de contribuição.  - Trilhas longas pelo Parque, exceto pelo Vale do Pati - sem cobrança de taxa - Vale do Pati – contribuição aos moradores locais para acampar ou pernoitar em suas residências e usar seus pertences (fogão, forno, etc). Hospedagem com jantar e café da manhã: a partir de R$ 120 por pessoa por diária com meia pensão, em média.   Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Lista com os atrativos operados pela Volta ao Parque. Em outros não mencionados pode haver cobrança de taxa.   Última atualização: 13/03/2016

O que trazer

Durante o dia, prepare-se sempre para caminhar, proteger-se do sol, insetos e tomar banho nos poços e cachoeiras da Chapada Diamantina. À noite, roupa para sair e dormir.   Atente-se ao excesso de bagagem!   Sugerimos que traga, além da mala principal (caso venha com mala de viagem grande):   - Uma bagagem flexível (bolsa ou mochila).Elas poupam espaço e podem ser melhor acomodadas nos veículos de passeio; - Camisetas; - Bermudas; - Tênis, bota ou papete previamente amaciados; - Pares de meias; - Chinelo; - Roupa de banho; - Óculos de sol; - Chapéu; - Medicamentos de uso pessoal (antialérgico, anti-histamínico, analgésico e outros); - Pijama; - Roupa para sair à noite (vestido, calça, bermuda ou saia com uma blusa, por exemplo. Atenção! As ruas e calçadas são irregulares) - Algum dinheiro, folhas de cheque e cartão de crédito para os jantares, bebidas, souvenirs e atividades de aventura (rapel, tirolesa, flutuação na Pratinha, fotos subaquáticas e outras). - Uma mochila pequena para lanche, cantil e pertences pessoais para uso diário; - Cantil com água; - Filtro solar; - Protetor labial; - Repelente; - Tolha pequena (as hospedagens costumam fornecer toalha para banho); - Canga; - Opcionais: Máquina fotográfica, baterias e acessórios; lanterna; barra de cereal; energético; e capa de chuva. - Roupa de frio (para visita em qualquer época do ano é indispensável).   Na Chapada Diamantina existem muitos microclimas, o que resulta numa queda de temperatura principalmente à noite e em regiões com altitude mais elevada. Durante o verão, um casaquinho e um jeans bastam. Para o inverno, traga um bom casaco e calça para uso à noite.

Bagagem

Disponibilizamos na sede da Agência Volta ao Parque um espaço para guardar parte da sua bagagem, enquanto estiver pernoitando fora de Lençóis.    Mochila cargueira, saco de dormir e isolante térmico são necessários para fazer caminhadas de longa duração pelo Parque Nacional. Caso não tenha, não se preocupe! A cidade oferece opções para comprá-los ou alugá-los.    Importante: Alguns lugares da Chapada não permitem a entrada dos visitantes sem calçado preso ao pé (tênis, bota ou papete).

Fumantes

Trazer um recipiente ou utilizar uma garrafinha para acondicionar cinzas e pontas de cigarro até o local adequado para descarte. Não é permitido fumar nos veículos, áreas fechadas e em alguns atrativos.

Hospedagem - Onde ficar

A Chapada Diamantina possui muitas hospedagens. Só em Lençóis contamos com mais de 60. Para todos os gostos e estilos, a cidade é a que conta com melhor infraestrutura, com hotéis, pousadas, albergues, chalés, estalagens, campings e casas para aluguel.

Segue algumas sugestões para reserva através da Volta ao Parque:


LENÇÓIS:

Super econômica

Casa da Mineira - www.casadamineira.com

Econômicas
Pousada Alto do Cajueiro - www.altodocajueiro.com.br
Pousada Bosque do Lapão - www.pousadabosquedolapao.com.br
Pousada das Árvores - www.pousadadasarvores.com.br
Pousada Pouso da Trilha - www.pousodatrilha.com.br
Pousada Solar Azul - www.pousadasolarazul.com.br

Intermediárias
Estalagem Alcino - www.alcinoestalagem.com
Pousada Canto no Bosque - www.cantonobosque.com.br
Pousada Mirante de Lençóis - www.mirantedelencois.com.br
Pousada Vila Serrano - www.vilaserrano.com.br

Superiores
Hotel Canto das Águas - www.lencois.com.br
Hotel de Lençóis - www.hoteldelencois.com.br
Hotel Terra dos Diamantes - www.terradosdiamanteshotel.com.br

Hotel Portal de Lençóis - www.portalhoteis.tur.br

Valor e forma de pagamento sob consulta. São diferenciados durante feriados e datas festivas.
Reserva sujeita à disponibilidade na hospedagem escolhida.

CAPÃO

Econômicas: 

Chalés Terracota - www.hospedagemnocapao.blogspot.com
Pousada Tatu Feliz - www.infochapada.com/pousadatatufeliz.htm

Intermediárias:
Pousada Pé no Mato - www.penomato.com.br
Pousada do Capão - www.pousadadocapao.com.br

Superior:
Pousada Vila Lagoa das Cores – www.pousadalagoadascores.com.br 

Temática:
Castelar da Alvorada - www.castelaralvorada.com

IGATU

Pousada Flor de Açucena - www.pousadaflordeacucena.com

MUCUGÊ

Pousada Alto da Pedra - www.pousadaaltodapedra.com

Pousada Monte Azul - www.pousadamonteazul.com.br 

Pousada Mucugê - www.pousadamucuge.com.br

Antes de efetuar a reserva, tome conhecimento do regulamento aplicado na hospedagem, que independe da administração da Volta ao Parque Ecoturismo.

Acampamento

No Parque Nacional não há cidades ou vilas**. Elas ficam no entorno, como podem ver no nosso Mapa (ver A Chapada).
Mesmo nas cidades não será difícil encontrar áreas de camping. Segue algumas sugestões com números de telefone para contato.
Não realizamos reservas em camping, pois não nos é suficiente a segurança oferecida aos nossos clientes.

Lençóis: O Camping Lumiar é o que oferece melhor infraestrutura: (75) 3334.1241.
Capão: Camping Sempre Viva: (75) 3344.1373. Seu Dai: (75) 3344.1057

**No Parque Nacional, o Vale do Pati é uma exceção. Trata-se da única região habitada por nativos autorizada a receber visitantes. Nas residências são oferecidas toalhas, cama limpinha, cobertores e sabonete. Algumas casas possuem energia solar e possibilidade de recarregar baterias.

Super dica!

Conheça a logística dos passeios e as distâncias entre os atrativos antes de efetuar suas reservas.
A Chapada é muito extensa e os atrativos estão espalhados por todo seu território.
Portanto, conte conosco para ajudá-lo a organizar o seu pacote de viagem.

AO ESCOLHER UM ROTEIRO VOLTA AO PARQUE

Não se preocupe com a bagagem ao decidir fazer um Volta ao Parque (roteiro que apresenta várias regiões da Chapada).
Você poderá guardá-la na hospedagem em Lençóis durante a sua ausência ou na sede da nossa Empresa.

Crianças e idosos

Menores que ainda não completaram 12 anos necessitam de autorização para viajarem sozinhos. A autorização pode ser obtida nos postos do Juizado de Menores em Aeroportos e algumas Rodoviárias, mediante solicitação de um dos pais, avós, tios ou irmão maior de 21 anos. Os menores que já completaram 12 anos não necessitam de autorização para viajarem desacompanhados.

As hospedagens só podem hospedar os menores na presença dos pais ou responsáveis, na posse de uma autorização, conforme Estatuto da Criança e do Adolescente.

Idosos e crianças podem visitar a Chapada Diamantina. Alguns atrativos possuem acesso facilitado. Recomenda-se que em ambos os casos estejam dispostos e aptos a caminhar, uma vez que as cachoeiras, grutas, área alagada, Orquidário, possuem alguns obstáculos para serem superados durante as visitas.

Algumas hospedagens participam do Programa Viaje Mais Melhor Idade, oferecendo descontos promocionais na Baixa Estação para que os idosos conheçam a Chapada Diamantina de maneira mais econômica. É uma boa oportunidade para viajar em família.

Alguns atrativos da região possuem restrições quanto ao acesso aos menores de 9-12 anos.

Os roteiros da Chapada Diamantina podem ser adaptados para que os menores e os idosos consigam realizá-los e os acompanhantes relaxem e interajam com sua família.

Agitos e eventos culturais

Quem vem pensando em encontrar uma cidade agitadíssima, encontrará uma Lençóis cujas opções de entretenimento são apresentações musico-culturais, de capoeira, bares e alguns eventos ao longo do ano, como por exemplo, Terno de Reis (Janeiro), Festa do Senhor dos Passos (final de Janeiro e início de Fevereiro), encontros de Jarê (tipo de Candomblé com Ubanda), cavalgada, São João (Junho), Festival de Lençóis (2º Semestre), Festival Gastronômico (final do 2º Semestre), forrós, shows de rock, percussões, apresentações circenses, entre outras.

Às segundas e sextas-feiras pela manhã acontece a feira livre, que atrai moradores e visitantes. É o encontro social da cidade de Lençóis.

As demais cidades da Chapada, embora calmas, sediam também alguns eventos. Em Andaraí, por exemplo, a Festa do Divino acontece no início de Maio; na Vila do Capão, encontros como o Festival de Jazz, Blues, Quermesse de Nossa Senhora da Conceição e de Atividades Circenses movimentam a região. Comumente no Dia das Mães em Seabra ocorre o Campeonato Baiano de Motocross. Palmeiras sedia o Carnaval mais alegre e divertido da Chapada, com trios elétricos, bandas e a tradição do uso de fantasias.

São algumas festas populares: Santo Reis (6 de Janeiro), Marujada, Alimentação das Almas, Queima de Judas, Festa do Sete (Jarê), Festa de Xangô (Culto do Jarê), Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade de Lençóis, e Festa das Águas de Oxalá (Culto do Jarê).

Consulte-nos as programações quando estiver agendada a sua vinda para a Chapada Diamantina.

Restaurantes e pratos típicos

Lençóis conta com bons restaurantes, especializados inclusive em comidas regionais, mexicanas, asiáticas e italianas. As sobremesas são variadas e algumas com ingredientes exóticos. A Volta ao Parque pode te indicar a melhor opção quando estiver já na cidade. Bebidas? Experimente os sucos naturais de mangaba e umbu, frutas típicas da região.

Em Andaraí aprecie a moqueca de peixe do restaurante da Pousada Ecológica e tome um sorvete na Sorveteria Apolo. Rapadura, cachaça, gengibre, amendoim, abóbora, mangaba, são alguns dos sabores caseiros. Em Mucugê conheça o cardápio variado do Sabor e Arte. No Vale do Capão experimente as Pizzas de Tomas e os refinados pratos do restaurante da Pousada Villa Lagoa das Cores.
  
Dentre os pratos típicos regionais estão os preparados a partir do palmito de jaca, carne de bode, galinha caipira, peixe Molé, banana verde, palma e brotos. Nas praças principais da cidade ou no Mercado Cultural são vendidas iguarias regionais, tais como acarajé, tapioca, crepes especiais e outros lanches, drinks e caipirinhas. É comum encontrar crianças oferecendo e vendendo doces ou salgados pelas ruas. Aproveite a oportunidade para conhecer o tempero local.

Telefonia e internet

Lan houses e hospedagens que oferecem acesso à internet e/ou sinal Wireless são comuns por aqui. A Chapada Diamantina conta com cobertura parcial pelas operadoras de telefonia Vivo, Oi, Tim, Claro e CTBC. Internet é lenta, possibilitando baixar arquivos com dificuldade. A tecnologia Nextel ainda não chegou por aqui.

Para sua segurança, a Volta ao Parque utiliza celulares, ajuda do Corpo de Bombeiros, Brigadas de Resgate Ambiental e Polícia e equipe treinada para atender às emergências que possam surgir. Não há cobertura de telefonia em certos pontos da Chapada.

Pedimos sempre que os visitantes atendam às recomendações dos condutores/motoristas e que fique atentos às variações ou irregularidade em seu corpo ou na área visitada.

Comunique os seus sentidos! Cada pessoa tem uma percepção e é na soma delas que conseguimos nos prevenir e proteger uns aos outros.

EXCLUSIVO!
Aos clientes Volta ao Parque disponibilizamos sinal Wi-Fi gratuito.

Bancos e cartões de crédito

Lençóis e outras cidades da Chapada contam com agência Banco do Brasil e Caixa Econômica na Lotérica.
Atendimento Bradesco é feito através de Banco Postal em alguma loja da cidade.
Itaú, Santander e outros bancos são inexistentes em Lençóis e região.

O Bradesco tem representante em Lençóis e a agência está a 70km daqui, em Palmeiras; Itaú a mais de 150km e outros bancos a 350km. 

Banco do Brasil
Disponibiliza diariamente, das 7 às 22h, caixas eletrônicos para saques e transações bancárias, inclusive com cartões de crédito Visa e RedeMaster. Os valores para saques são reduzidos durante à noite e feriados.

Horário de funcionamento da agência bancária em Lençóis: a partir de 8-9h até 13h.

O Correios também faz atendimento aos clientes Banco do Brasil, funcionando de Segunda a Sexta, de 8 às 12h e de 14 às 16h30min.

Casa Lotérica
Funciona 8 às 18h, de Segunda a Sábado, fechando para almoço.

SERVIÇO 24H INEXISTENTE. Alguns estabelecimentos comerciais aceitam cartões de crédito, como Visa, RedeMaster, American Express e Elo, e cheques.

Câmbio

Lençóis e região não possui casa de câmbio.

Euros e Dólares podem ser trocados com algum morador que esteja planejando uma viagem internacional, não sendo seguro confiar nesta possibilidade.

Normalmente, a taxa de câmbio é inferior à paga na capital.

A Volta ao Parque pode, em algumas épocas do ano, aceitar Dólar e Euro como pagamento.
Favor consultar antes.

Segurança

Como a maioria das cidades da Chapada Diamantina, Lençóis é segura. Pode-se caminhar durante o dia e à noite para apreciar a iluminação dos lampiões históricos, as praças, a ponte, o Mercado. Dentro da cidade está o Batalhão Regional da Polícia Militar que garante com que você a visite e faça uma viagem pelo tempo com toda proteção. Além disso, a população é hospitaleira e, caso necessário, peça ajuda.

Caso esteja viajando com itens de valor, sugerimos deixá-los guardados no cofre do Banco do Brasil ou no da sua hospedagem, caso ela ofereça o serviço.

Vacinas e hospitais

Recomenda-se para viagens por todo o Brasil que esteja em dia com o seu cartão de vacinas, principalmente com a contra a Febre Amarela e a Antitetânica. Consulte seu médico com pelo menos 10 dias de antecedência à viagem e informe-se sobre suas condições de saúde e limitações.

As cidades da Chapada em geral carecem de um bom atendimento hospitalar. Este é um dos motivos pelos quais optamos por oferecer o Seguro Pessoal a todos os nossos clientes, que não cobre deslocamentos.

Havendo necessidade de transporte de paciente a algum hospital, podemos auxiliar na remoção para Seabra (70km), Itaberaba (180km), Feira de Santana (350km) ou Salvador (425km). Valor sob consulta.

Volta ao Parque Ecoturismo

+55 (75) 3334-1410
+55 (75) 9 9972-7671

Avenida Sete de Setembro, Lençóis,
Chapada Diamantina, Brasil
QR-Code dieser Seite
home page

CPR certification online